Formação de Mentores

O Mentoring é um processo no qual um profissional experiente (o mentor) é designado para oferecer orientações técnicas e comportamentais, servindo de orientador em alguns processos da organização. O mentor é um patrocinador, com grande experiência profissional no seu campo de trabalho, que transmite sua experiência para oportunizar uma variedade de pontos de vista. É um grande momento de troca de cases e experiências. Desta forma, o mentorado (quem recebe o mentoring) utiliza desta experiência para adaptar e criar a melhor estratégia para resolver suas próprias questões.

Objetivo

Favorecer o desenvolvimento do mentorado por meio de técnicas específicas que impulsionem sua autonomia, assim, o mentorado assume a responsabilidade por suas próprias decisões.

Por que Mentores Internos?

Acreditamos que a co-responsabilização é um ponto chave para o desenvolvimento das organizações. Desta forma, ao convidar líderes internos a exercerem o papel de mentor, além de a empresa reconhecer seus talentos, convida-os a dar mais um passo em seu desenvolvimento, implicando-os no processo de desenvolvimento de novos talentos para organização.

Quem pode ser Mentor?

Para ser mentor, é preciso que o profissional:

• Esteja em um nível sênior de desenvolvimento e maturidade profissional;
• Seja referência em determinado assunto;
• Entenda o Mentoring como uma parceria e esteja preparado para investir tempo, pensamento e esforço na relação;
• Comprometa-se com o Mentoring de forma a manter a periodicidade dos encontros e fazendo a preparação necessária para cada sessão;
• Acredite que se autodesenvolver e desenvolver novos talentos são prioridades;

Como desenvolver Mentores Internos? 

A partir da definição das pessoas indicadas a exercerem a mentoria, trabalha-se com o grupo:

• Definição do papel do Mentor;
• Estruturação dos passos essenciais para a condução de uma sessão de mentoring;
• Processo de construção de crenças individuais;
• Fortalecimento da importância da “blindagem” dos papeis para que não haja contaminações.
• Entendimento do processo interno da mudança e aprendizagem;
• Diferenciação o papel de Mentor dos papeis de Coach e Líder de equipe;
• Atenção aos principais sinais de eficiência, bem como de desvio do propósito do trabalho.